Smart Cities

Smart Cities

Gestão Pública Inteligente

logo LASSON

SMART CITIES

Smart Cities são Cidades Inteligentes que, por meio da absorção de tecnologia e soluções inovadoras, otimizam o atendimento às suas demandas públicas, ao movimento da Internet das Coisas e ao fenômeno do Big Data, aproximando-se, tanto quanto possível, do estágio tecnológico vigente da humanidade.
CCO

LASSON é um software SAAS que conectado a um hardware via Wi-fi ou 3G realiza a telemetria  e a gestão do consumo e geração de Energia Elétrica, consumo e abastecimento de Água, volume de lixo e rotas de coletas, Drenagem de Àguas Pluviais, para melhorar a infraestrutura urbana e tornar os centros urbanos mais eficientes e melhores de se viver.

PROJETO ADTCI

Como membro do Conselho Consultivo do Projeto ADTCI, nossas soluções para cidades inteligentes buscam atender aos requisitos definidos que serão testadas e avaliadas, em ambiente real, no Campus do Inmetro (em Xerém/RJ), em meia a uma enorme diversidade de soluções para serviços públicos locais, baseadas na aplicação dos primados de Big Data e Internet das Coisas em nível municipal.

AMBIENTE DE DEMONSTRAÇÃO DE TECNOLOGIAS PARA CIDADES INTELIGENTES – ABDI – INMETRO

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) consideram que as tecnologias para Cidades Inteligentes são estratégicas para o desenvolvimento da indústria de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC) no país e, nesse sentido, estabeleceram um acordo de cooperação para implantação do “Ambiente de Demonstração de Tecnologias para Cidades Inteligentes”.

O Ambiente de Demonstração vem a coroar a forte mobilização iniciada há alguns anos no âmbito federal, em prol da absorção de Tecnologias da Informação e Comunicação avançadas pelas Municipalidades, como instrumento de otimização dos serviços públicos prestados aos usuários-cidadãos.

  • CONSUMO E ABASTECIMENTO DE ÁGUA

    Monitoramento em tempo em tempo real, do consumo de água acumulado de prédios, oferecendo-se ao operador informações constantemente atualizadas, bem como visões históricas e estatísticas do consumo no prédio monitorado com a detecção de anomalias que indiquem possíveis vazamentos na rede.

    Controle de Perdas Físicas na Rede de Abastecimento de Água (CTP): visualização em tempo real da distribuição com alertas de vazamento emitidos pelos sensores que compõem a solução, oferecendo-se ao operador informações constantemente atualizadas, bem como visões históricas e estatísticas dos vazamentos detectados.

  • CONSUMO E GERAÇÃO DE ENERGIA

    Acompanhamento em tempo real do consumo de energia elétrica nos prédios monitorados, geração de energia solar, geração de energia eólica, geração de energia piezelétrica, bem como todas as demais informações remetidas pelos medidores ou sensores instalados ao longo da rede elétrica, além do histórico do consumo acumulado de cada prédio público.

    Para que possamos aumentar a eficiência do consumo, e consequentemente economizar devido a tomada de decisões pelo gestor, o software permite que seja configurado alertas que serão disparados em tempo real ou com antecedência do evento.

  • VOLUME DE LIXEIRAS E ROTAS DE COLETA

    Visualização em tempo real, das informações provenientes dos sensores instalados para monitoramento da capacidade e do volume de lixo depositado em cada lixeira, permitindo-se a geração automática, uma ou mais vezes ao dia, da “rota mais eficiente” de coleta pelos responsáveis.

    Também é possível acompanhar o volume de lixo acondicionado em cada contêiner, bem como o responsável pelo depósito do lixo em cada evento de abertura da lixeira, além de monitorar a tarifação, em bases históricas e atuais, por usuário e por contêiner, e visualizar a “rota mais eficiente” de coleta pelos caminhões.

  • DRENAGEM DE ÁGUAS PLUVIAIS

    Popularmente conhecidas como “bueiros inteligentes”, consistentem em cestos de retenção de resíduos da via pública (acoplados aos “bueiros” da Cidade), dotados de sensores com capacidade de, comunicando-se com a Central de Controle, informar sobre o atingimento de sua capacidade de retenção dos resíduos ou seja, seu ponto de potencial entupimento, permitindo às autoridades e prestadores de serviço de zeladoria urbana, intervirem pontualmente na limpeza do bueiro “sujo”, otimizando-se custos operacionais na limpeza e prevenindo-se enchentes.

    Objetivo principal é a prevenção de enchentes, frequentes e devastadoras nas Cidades brasileiras, especialmente em regiões de vulnerabilidade social e baixo investimento em infraestrutura urbana, por parte dos Governos Municipais.

logo Inmetro
logo ABDI
logo MDICS
logo Governo Federal
logo ABINC